Marcadores: , ,

Paraísos escondidos no litoral paulista

Litoral Praias SP
"Pra chegar onde ninguém chegou é preciso fazer coisas que ninguém fez!".

Pensando desta forma a equipe do Click Destinos preparou um guia com diversas praias no litoral paulista, com uma grande diferença, para se chegar exige muito mais do que os locais tradicionais, mais que ao final irá te recompensar com cenários paradisíacos.


Acompanhe essas praias desertas que te permitem realizar mergulhos graças as suas águas cristalinas te proporcionando tranquilidade para aproveitar cada pedacinho desses paraísos escondidos.


Praia do Cedro (Ubatuba/SP)

Localizada na enseado do Mar Virado, ao lado da Praia do Deserto, e distante da civilização, a Praia do Cedro é cercada por uma área de vegetação cerrada da Mata Atlântica assim carregando o nome graças a árvore do Cedro disponível no seu entorno. Para ser mais exato, está localizada no sítio arqueológico habitado por pescadores da pré-história, segundo descobertas de pesquisadores da USP.

Com poucos turistas ela é frequentada por pequenos esquilos e caxinguelês. Já no verão é possível encontrar com tartarugas, golfinhos e até baleias que migram pela região através das correntes marinhas.


Como chegar:

Você tem a opção de escolher já que é um percurso linear e pode ser iniciado pelas duas pontas. Começando pelo caminho mais curto você parte da Praia da Fortaleza, o tempo médio é de 40 minutos. Se preferir pode partir da Praia Lagoinha, o caminho se estende por 1 hora. Escolhendo o caminho mais curto você segue pelo Pontão da Fortaleza, que irá te levar direto para a Praia do Cedro. O caminho pela Lagoinha é mais longo, porém te proporcionando uma trilha de tirar o fôlego, você irá conhecer 7 praias inesquecíveis. Este é o trajeto conhecido como "Trilha das Sete Praias": Praia do Oeste, Praia do Perez, Praia do Bonete, Praia Grande do Bonete, Praia Deserta, Praia do Cedro e Praia da Fortaleza.

Distância de São Paulo capital: 235 quilômetros.

 

Praia da Caveira (Ilhabela/SP)

Segundo fatos históricos,  o transatlântico inglês Príncipe das Astúrias afundou perto da Ponta de Pirabura, com mais de 600 pessoas a bordo. O naufrágio está a 100 metros da costa a uma profundidade de 18 a 45 metros, e com essa tragédia em 1916 surge o nome da Praia. Localizada no lado leste da Ilhabela entre as Praias da Guanxuma e da Serraria ela conta com 50 metros de extensão. Em suas pedras submersas existe uma grande variedade de peixes e vegetação assim atraindo muitos mergulhadores.


Como chegar:

A forma mais aventureira para se chegar é através da praia de Castelhanos, de lá, é possível combinar com barqueiros para uma carona até a praia das Caveiras ou até a praia da Guanxuma, onde segue-se de trilha. Para se chegar até Castelhanos existem duas opções. A primeira é por trilha partindo da Guarita do Parque Estadual, aproximadamente 5 horas de duração. A segunda é através da famosa Trilha do Bonete, partindo da ponta da Sepituba com pernoite na praia do Bonete e seguindo por trilha no dia seguinte até Castelhanos.
Para quem quer facilidade, uma alternativa é de barco pelo meio da baía. Leva 45 minutos para chegar. A lancha parte da Praia do Perequê.

Distância de São Paulo capital: 200 quilômetros.


Praia da Lage (Ilha do Cardoso/SP)

Escondida nas encostas da Ilha do Cardoso a Praia da Lage, transformou-se em Parque Estadual contando com 90% da sua área coberta pela Mata Atlântica, no município de Cananéia. Com sua larga extensão de areia é possível se formar diversas piscinas naturais de água doce. Localizada entre as Praia do Camburiu e a Praia do Marujá, é pouco frequentada graças ao seu difícil acesso. Para aproveitar cada canto dela é preciso percorrer 10 quilômetros.


Como chegar:

A trilha começa na Praia do Marujá, seguindo para o Costão Rochoso, onde é necessário mais cuidado por causa de suas pedras lisas. São seis quilômetros andando pelas areias, por pelo menos uma hora. De Cananéia à Vila do Marujá, a travessia é feita de barco.

Distância de São Paulo capital: 272 quilômetros.

 

Praia do Caramborê (Peruíbe/SP)

Se você está em busca de ecoturismo, trilhas, cachoeiras e uma praia magnifica esse é o caminho certo. Com uam extensão de 310 metros, a Praia do Caramborê fica na Estação Ecológica da Juréia-Itatins, preservando 80 hectares de Mata Atlântica. Ainda conta com dois riachos que desaguam em seu canto esquerdo e no centro da praia.


Como chegar:

O acesso é pela trilha que sai de Caramborê, a partir da estrada Peruíbe-Una. São 10 minutos de caminhada. Outra opção para chegar na praia é pela trilha do Imperador, que fica dentro da Estação Ecológica Juréia-Itatins

Distância de São Paulo capital: 135 quilômetros.


Fonte: desviantes.com.br

Click Destinos

Viajar é trocar a roupa da alma!

Com um coração cheio de coragem e vontade de conhecer cada cantinho do mundo, o site Click Destinos vem apresentar os melhores destinos. Buscando sempre qualidade e lugares poucos conhecidos a equipe apresenta uma infinidade de destinos a se conhecer.

0 comentários:

Postar um comentário

 

"A vida é uma viagem a três estações: ação, experiência e recordação - Júlio Camargo"

  • Não perca os novos destinos

    Inscreva-se para receber a nossa newsletter em sua caixa de entrada , é seguro e fácil!

    Copyright © Click Destinos
    .