Marcadores: , ,

O paraíso de Veneza

Destinos Internacional Turismo
A linda cidade de Veneza dispensa quaisquer apresentações, e sem dúvidas oferecerá uma experiência diferente de qualquer outra que você já desfrutou na sua vida. Uma das cidades mais romântica do mundo não poderia ficar de fora do Click Destinos, e por isso decidimos mostrar os melhores passeios a serem feitos. 

Começando pela ponte di Rialto
 
A Ponte di Rialto é de uma beleza extrema, assim como a Ponte Vecchio em Florença, funciona não somente como um meio para cruzar o Grande Canal, mas também como uma espécie de shopping center, pois é repleta de lojas. Esta ponte, que é um dos principais pontos turísticos de Veneza, é a mais velha cruzando o Grande Canal, uma jóia da arquitetura, construída originalmente em madeira, por volta do século XII. Após vários colapsos, a ponte foi reconstruída em pedra em 1591, em um estilo parecido com a original.

A Ponte di Rialto está sempre lotada de turistas e venezianos, e tem três vias: a central, que não oferece vistas do Grande Canal, e as duas laterais, com escadas e rampas em cada lado, de onde é possível ter vistas dos lados diferentes do canal. Existe um lugar super legal onde sentar para tomar um drink e até mesmo um aperitivo ou uma refeição, enquanto se aprecia a beleza de Veneza e o movimento das gôndolas e dos barcos. É logo abaixo da ponte (não literalmente, claro) ao lado da subida do lado esquerdo (se você tem a direção da Piazza San Marco nas suas costas). As bebidas não são baratas, e uma cerveja de 500ml pode custar 7 euros, mas, é claro, você não estará pagando somente pela cerveja, mas pela vista privilegiada da ponte e do canal.


Gueto Judaico

O Gueto Judaico pode ser considerado um dos melhores passeios de Veneza, além de ser conhecida como o point noturno onde turistas, estudantes e até locais vão a beira do canal que corta o distrito para apreciarem uma boa comida e bebida veneziana. O local também é repleto de prédios históricos, e por ter uma grande concentração de judeus morando lá você pode encontrar diversas iguarias. O ponto central é a praça Ghetto Nuovo, onde famílias levam as crianças para passar uma agradável tarde. 




Piazza San Marco

Possivelmente a praça mais famosa do mundo é de uma magnificência incomparável, um daqueles lugares que faz você se perguntar: ” Será que eu estou realmente aqui?”. A paisagem da praça é dominada por monumentos diferentes, como a Basílica de São Marco, a Campanile, o Palazzo Ducale e a Torre do Relógio. A praça é o centro turístico da cidade, e, por este motivo, está sempre lotada. Outro elemento que não passará despercebido são os majestosos prédios que cercam a praça, conhecidos como Procuratie, construídos originalmente para abrigar os escritórios do procurador da cidade. O que se vê lá hoje são lojas caríssimas e restaurantes, como o Café Florian, o mais famoso café de Veneza.

  
Basílica de San Marco

Construída no ano de 1063, esta igreja é uma verdadeira jóia da arquitetura bizantina, e domina a paisagem da praça San Marco. A basílica é um tesouro raro, para o qual, na nossa opinião, não existe concorrente ou comparação, até mesmo porque seu estilo é único. Os detalhes dourados do prédio, tanto no seu exterior quanto no interior, são de tirar o fôlego e reluzem ao sol, bem como todo o mármore usado na construção e as belíssimas cúpulas azuis. É lá que ficam guardados os restos mortais de São Marcos, o Evangelista. E, o melhor de tudo: a entrada é grátis! Sem dúvida um dos melhores pontos turísticos de Veneza.

Apesar de sempre haver filas grandes na entrada, a espera nunca é muito longa, e, com certeza, você não se arrependerá se tiver que ficar lá por alguns minutos. Saiba que a entrada de turistas carregando bolsas grandes, como mochilas ou malas, é proibida, e você terá que deixar os seus pertences no Ateneo San Basso, localizado próximo da basílica e para o qual o caminho está sinalizado logo na entrada. Lembre-se também que não é possível entrar se você tiver os ombros à mostra, ou usando shorts ou saias curtas, por questões de respeito ao lugar sagrado.

Os detalhes dourados dos afrescos que estão por todos os lados, do teto às paredes, além do altar, são de tirar o fôlego. Indo na direção do altar, você encontrará outro ponto interessante a ser visto dentro da igreja, a Pala D’Ouro, que é uma peça que tem cerca de dois metros de comprimento (para ter acesso a esta parte da igreja é necessário pagar 2 euros), toda feita de ouro e pedras preciosas, considerada uma das mais refinadas obras de arte bizantina em existentes.

Não deixe de visitar também o Museu de São Marcos, que fica no nível superior da basílica (entrada EUR 4,00). Além de ter diversas peças de arte religiosa, o museu oferece vistas ótimas da nave da igreja, bem como da praça de São Marcos, a partir do pequeno terraço localizado do lado de fora.

  

Palazzo Ducale

O Palácio Ducale era a residência do Doge, o dirigente e a pessoa mais poderosa de Veneza. Localizado logo ao lado da Basílica de São Marcos, o palácio tem uma arquitetura gótica impressionante. Não deixe de prestar atenção nas duas colunas de mármore vermelho que compõem parte da fachada do palácio. Era de lá que os nomes dos condenados à morte pela República eram anunciados.
O interior do palácio é de uma grandeza incomparável e é composto por diversos salões repletos de afrescos, como a Sala del Maggiore Consiglio (o Salão do Supremo Tribunal), que, além de ter pinturas de Veronese e Tintoretto, tem também uma varanda pequena que oferece vistas lindíssimas da lagoa e das ilhas de Sant Giorgio e Giudecca do outro lado. O preço do ingresso do palácio é um pouco salgado, custando EUR 14,00.





Essa foi uma pequena amostra do que a linda Veneza tem a oferecer a todos os seus visitantes anualmente.


Click Destinos

Viajar é trocar a roupa da alma!

Com um coração cheio de coragem e vontade de conhecer cada cantinho do mundo, o site Click Destinos vem apresentar os melhores destinos. Buscando sempre qualidade e lugares poucos conhecidos a equipe apresenta uma infinidade de destinos a se conhecer.

0 comentários:

Postar um comentário

 

"A vida é uma viagem a três estações: ação, experiência e recordação - Júlio Camargo"

  • Não perca os novos destinos

    Inscreva-se para receber a nossa newsletter em sua caixa de entrada , é seguro e fácil!

    Copyright © Click Destinos
    .